segunda-feira, setembro 14, 2015

O primeiro passo não é a parte mais difícil


Eu estava pensando na jornada que já caminhei. Ela não foi longa, até porque não me acho tão velha assim, mas posso dizer que ela foi bem aproveitada. Mudei para os Estados Unidos quando tinha 17 anos. Minha irmã já estava aqui então as coisas para mim foram mais fáceis do que foram para ela, já que ela veio estudar aqui sozinha, com a cara e a coragem. Mas o que eu não esperava é que ela se casaria e me deixaria sozinha. Depois de mais ou menos 2 anos morando juntas, ela se casou, ou em outras palavras: me trocou, me abandonou. Tive que me virar. Eu morei sozinha por mais 2 anos. Não foi tão fácil quanto eu achei que seria. Qualquer pepino que aparecia, quem tinha que resolver? Eu, claro. E tinha alguém pra me ajudar? Não, obviamente. Posso dizer que foi bom e foi ruim.

Eu sempre achei que na vida o difícil era dar o primeiro passo. Ouvi esse tipo de coisa a minha vida inteira: "A primeira semana sempre é mais difícil, depois acostuma." "É só começar que depois você nem vai mais perceber." Sério? Se fosse assim a primeira semana de uma dieta seria a mais difícil e depois nos próximos meses você não iria nem perceber estar fazendo dieta. Não faz sentido. Se fosse assim aposto que metade das mulheres do mundo estariam em algum tipo de dieta! Pra mim o mais difícil não foi dar o primeiro passo. Não foi fazer a decisão de estudar aqui. Não foi entrar no avião. Não foi o primeiro dia de aula na escola. Não foi o primeiro dia morando sozinha.

O mais difícil foi aguentar a saudade. Aguentar ver os sobrinhos crescerem de longe. Aguentar ver a família uma vez por ano e ter que dizer adeus. Aguentar falar com a minha irmã só por telefone. Aguentar os problemas sozinha e resolvê-los sozinha. Não estou reclamando das decisões que fiz, não voltaria atrás por nada. O que quero dizer é que dificuldade pra mim foi durante o curso da minha jornada, não o começo. E a vida é assim. O difícil não é casar, é continuar casado. Não é entrar na faculdade, é passar aquelas noites em claro estudando durante o semestre. Não é ter o parto, é criar um filho pro resto da vida.

As diferentes jornadas da vida são difíceis. Mas se parecer difícil demais para suportar, é sinal de que você é perseverante. Porque mais importante que dar o primeiro passo é CONTINUAR, seguir em frente. Só quem continua sabe o quão difícil é continuar.

Beijos,

Rachel

"Os grandes trabalhos não são feitos pela força, e sim pela perseverança." (Ben Jonson) 

2 comentários:

  1. Obrigada pelo texto. Chegou em um momento oportuno. Meu lema é: não desista nunca! ;) Bjuu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz de ouvir isso! Esse com certeza é um ótimo lema!! :D Beijoss

      Excluir