domingo, maio 10, 2015

O que é ser mãe?

Oi meninas e meninos, 
Hoje nós temos uma participação especial aqui no blog! A minha irmã linda e mais nova mãe da minha família escreveu um post especial para o Dia das Mães!! Espero que vocês gostem!

Mãe, mamãe, mãezinha, mami…
Quando nasce uma menina é como se o mundo girasse com mais delicadeza, e tudo, tudo mesmo, se torna cor de rosa. Para cada menininha, há pelo menos 10 lacinhos, 15 tiarinhas, 10 pares de sapatinhos, brincos, pulseiras, e vestidinhos. E o mais importante, um nome. Nome pelo qual ela será reconhecida pelo resto de sua vida, a não ser por alguns poucos, talvez 1,2,3 ou até 10 quem sabe. Ah! Pra esses o nome dela será “mamãe”.
Toda menina tem em si, um sentido de maternidade, que começa com a primeira boneca e florece pouco a pouco com o amadurecer e passar do tempo. Aquela menininha então se casa, e sente que está na hora de assumir a maior responsabilidade de sua vida, finalmente completar o espacinho que ainda está vazio dentro de seu coração. Ela então disponibiliza seu corpo para ser a casinha de alguém que a princípio é só uma sementinha. Então, os meses passam, a sementinha vai crescendo, e crescendo, e a barriga da mamãe também. Mas isso não é tudo, conforme a sementinha cresce o coração da mamãe também cresce, até que chega um ponto onde ela acha que é impossivel amar mais. Então, a coisa mais maravilhosa acontece; o bebê dela nasce, e aí ela percebe que realmente não há limites pro amor de mãe. Um amor cuidadoso, preocupado, alegre, genuíno, sonhador, nostálgico, e simplesmente puro.
A todas as mulheres que apesar de terem um nome próprio, são conhecidas por aqueles que elas mais amam, como MÃE, um feliz dia das mães!
Beijos, 
Rebeca

Nenhum comentário:

Postar um comentário